• Banheiro Feminino – Pagando a Conta

    Hoje a fofoca do banheiro traz uma discussão clichê, que lembra um discurso machista, cheio de tabus e mimimis.

    Quero deixar claro que o intuito desse espaço não é promover brigas ou intrigas, apenas lermos algumas opiniões diferentes sobre o assunto.

    Sempre fui muito tranquila com relação a isso. Se saio com o boy e ele insiste em pagar a conta, não reluto, afinal, alguns tomam isso como um sinal de respeito ou mesmo educação (ainda mais nos primeiros encontros).

    Mas não vejo o menor problema em dividir ou mesmo pagar a conta toda. Tudo depende do momento e do clima da situação.

    Nenhum homem é mais ou menos “macho” baseado apenas num valor que ele pode bancar. Ele não é melhor nem pior por ter dinheiro. Aliás, acho que sinceridade é um ponto positivo nesse momento. Imagine o papo antes de sair de casa:
    Ele – Ah, olha, eu tô meio sem grana…
    Ela – Tudo bem! Minha vez de pagar.

    Mas nem todo mundo pensa assim. Conheço gurias (MUITAS) que julgam o cara até pelo preço da suíte do motel que ele escolhe pela primeira vez: “Ih, vai de executiva mesmo? Já vi que vai ser ruim”.

    Fico imaginando todas como neandertais, analisando qual macho pode prover uma vida melhor e aumentar a chance de terem uma prole saudável, grande e segura. IAEUHAEUIAEHUAEH

    Machismo pelo bem da espécie e replicação de genes, né? Bom, chega de brincadeira.

    cats311
    E aí, meninas?

    Como vocês se comportam? Varia com a situação? Local? Peguete? Dia?

    Contem tudo via comentários no facebook.

     

    [fbcomments]

    12 comentários

    1. Roseanne disse:
      09/30/2013 às 11:18

      Concordo com você, Gleici. Mas se o cara for muito mão de vaca é melhor cair fora mesmo. Vai ser aborrecimento para sempre. Olhe que o cara pode ter dinheiro ou não, mas se for mão de vaca vai regular até o teu dinheiro caso a coisa vá ficando séria.

      • gleici disse:
        10/03/2013 às 13:26

        ahhaahahaha verdade, não dá pra viver sem equilíbrio.

    2. Lorhayne disse:
      09/30/2013 às 12:57

      Acho que essa história de ”homem tem que bancar tudo” é ridícula. As mulheres lutam tanto por igualdade, batem tanto o pé dizendo que são iguais aos homens e aí, na hora de pagar uma conta querem bancar o papel de ”mulherzinha indefesa”. Eu me sinto até mal quando o cara gasta demais e banca por tudo. Meu namorado ficou uns meses desempregado e eu bancava tudo pra gente durante esse tempo. Óbio que eu gosto quando ele me leva pra sair e pede as coisas que eu gosto e paga por tudo, vira um carinho, um mimo. Assim como eu faço isso por ele também. Quando vamos no cinema, balada ou etc normalmente dividimos as coisas. Se ele paga is ingressos, eu pago o lanche depois, na balada ou barzinho se um paga as entradas outro paga o balde de cerveja, e etc. Assim o bolso de ninguém fica tão vazio e sobra grana pra gastarmos com nós mesmos e guardar na poupança. Sem briga, sem um gastando muito e sem ninguém ”mandando” na relação.

      • gleici disse:
        10/03/2013 às 13:25

        você descreveu a base de um relacionamento justo e harmonioso 🙂

    3. Camila disse:
      09/30/2013 às 23:26

      Se o cara fizer questão de pagar eu aceito, mas sempre pergunto “tem certeza?”. Sempre prefiro rachar e fico um pouco sem graça com pessoas pagando coisas pra mim. Agora, quando é com namorado ou um peguete com quem eu tenha mais intimidade, acho de boa eu pagar se ele tiver sem grana e vice-versa, assim como é de boa pagar tudo às vezes só pra agradar mesmo. Não curto é gente achando que o cara tem a obrigação de pagar sempre só por ser homem.

      • gleici disse:
        10/03/2013 às 13:25

        verdade, essa obrigação não existe mais.

    4. Garota Carioca disse:
      10/01/2013 às 12:12

      Perfeito seu post, concordo com tudo o que falou. Tudo irá variar de acordo com a situação e a companhia, que se for boa, merece até que a gente faça um esforcinho de vez em quando e ajude bancando a conta toda! 😉

      Bjos!

      • gleici disse:
        10/03/2013 às 13:25

        eaiuaehuieah acho que tudo tem um equilíbrio, né?

    5. Laura disse:
      10/07/2013 às 17:17

      Um assunto recorrente para mim. Hoje mesmo estava fazendo as contas com meu noivo de quanto gastamos no FDS e qnto devo dar a ele do que ele pagou pra mim, POR QUE COMBINAMOS ANTES DE SAIR QUE DIVIDIRIAMOS TUDO, mas na hora H pra facilitar cada um pagou uma coisa, mas umas e outras ficaram mais caras.
      Quando eu tinha mais dinheiro que ele eu sempre bancava muitas coisas e achava normal, afinal ele só saía pra fazer coisas mais caras por que eu queria.
      Quando não estamos com preguiça vamos no caixa da loja/restaurante e pedimos para dividir a conta em dois cartões e cada um paga o seu. FIM.
      Eu gosto de coisas boas, e ensinei ele a gostar também… um restaurante bom, uma bebida de qualidade, uma roupa que vista bem, quem não gosta? hahahahahahaha
      Agora que vamos nos casar acho mais do que importante aprender que TEMOS que dividir tudo, afinal, não será mais o meu dinheiro ou o dinheiro dele, será o nosso. Nossa casa, nossas contas…

      • gleici disse:
        11/12/2013 às 20:17

        e no casamento, nao divide-se só dinheiro. é uma relaçao equilibrada? entao tudo se divide MESMO.

    6. Larissa disse:
      11/08/2013 às 9:19

      Na verdade, eu não gosto quando um cara fica paganda as coisas para mim no encontro. Isso me incomoda. Se estou saindo com ele é para me divertir, e não para ele ficar me bancando.
      Tá certo que não sou uma rica poderosa, mas eu tenho meu dinheirinho e não vejo mau algum de pagar a minha parte ou de rachar a conta.

      • gleici disse:
        11/12/2013 às 19:26

        tá certíssima, fia! eu tbm penso assim

    Deixe o seu comentário!

    O seu endereço de email não será publicado • Campos obrigatórios não podem ficar em branco