• Banheiro Feminino – E as “marquinhas”?

    Estrias, celulite, depilação, cicatrizes, gordurinhas, assimetria, baixo peso. Fico pensando no tamanho da distância entre nosso conforto e prazer criada pela vergonha. Vergonha de não seguir os padrões, sabe? Não quero deixar o tema amplo demais pois sabemos que podemos estender essa discussão a quase todos aspectos de nossa vida. Quero focar nos nossos pequenos “defeitos”, que nos inibem quando estamos a sós com nosso parceiro.

    cats3111

    A vergonha,  a luz apagada, os lençóis servindo como escudos contra os padrões das revistas e tv.

    “E o que ele vai pensar? E quando ele ver? E se ele ficar olhando?”

    Os momentos felizes inibidos por esses pensamentos não voltarão. Nem os carinhos, os toques, os orgasmos.

    Só com o tempo aprendi que há pessoas que merecem ver minhas marquinhas, e que posso exibi-las sem medo de me sentir feia. Mas só e somente o tempo me ensinou a me amar, me aceitar, e principalmente ficar à vontade com quem me quer.

    01

    Imagens NegaHamburguer.

     

    E você? Como lida com a vergonha nessas horas? Como é esse processo contigo? Ainda tem vergonha de ser livre?

     

     

    [fbcomments]

    12 comentários

    1. Mariana disse:
      11/05/2013 às 18:19

      Há sei lá.Sempre tive vergonha do meu corpo,mas nunca tive nenhuma vontade transar no escuro,sob as cobertas com algumas peças de roupa.
      Sei que estou longe do padrão ideia de corpo e morro de vergonha que me namorado repare em meus “defeitos” mas é assim que nasci e com um sentimento quase que se conformidade eu vou seguindo e transando de luz acesa e muito olho no olho.

    2. Ely de Paula disse:
      11/05/2013 às 18:37

      Por incrível que pareça, uma das horas que eu me sinto mais confiante comigo mesma é durante o sexo. Hahahaha tenho MUITAS estrias, celulite, cicatrizes de cirurgias e sou gorda (porém não tenho muita barriga). Não tenho vergonha de transar de luz acesa nem fico me cobrindo com lençol. Me sinto linda quando o parceiro agarra minha bunda, beija meus seios e olha pra mim como se fosse me devorar com os olhos. XDDDD Parece clichê, mas eu aprendi que homem de verdade não liga pra essas coisas.

    3. Janine disse:
      11/05/2013 às 19:23

      Olá! Tenho 30 anos, sou casada a 8 e ainda sinto vergonha de certas partes do meu corpo, como a barriga, meio flácida por ter perdido peso recentemente. Mas aprendi a lidar com isso usando lingerie que me valoriza. Tenho os seios grandes e bonitos, por isso dou destaque a eles, usando corpetes com decotes vertiginosos e sutiãs cheios de detalhes. Perfeição não existe e temos que aprender os nossos pontos fortes e explorá-los! E sinceramente, um homem que não sabe perceber que a química, o toque, a intensidade do beijo são mais importantes do que as medidas e padrões,não me merece!

      • gleici disse:
        11/12/2013 às 19:39

        adorei seu depoimento <3

        é tudo questao de se achar bonita <3

    4. Nani Freitas disse:
      11/06/2013 às 9:24

      Eu sempre fui magrela, até demais! Mais nunca tive problemas com isso. Sempre lidei bem, levava na brincadeira, e não sei se foi sorte, mais nunca encontrei alguem com algum preconceito. Há 5 anos atras, eu era inocente demais pra perceber se teria algum tabu. Agora, namorando a 4 anos a mesma pessoa, meu namorado me acha perfeita. Isso me deixa muito feliz. Eu sei que ele fala isso pque me ama, mais eu tbm me acho perfeita, afinal se eu não fizer isso, quem fara por mim? Eu me amo, meu namorado me ama, isso é o que importa! As pessoas deveriam se aceitar mais, e nao ligar pros pequenos “defeitos”. Uma vez, li uma entrevista com a Juliana Paes, ela disse assim: ” que mulher gostosa, não tem celulite ou estrias? ” Fica a dica.

    5. YasmimC disse:
      11/11/2013 às 23:59

      Nossa, sou cheia de foliculite (tipo umas espinhazinhas, só que as marcas delas não somem!) nos braços, costas, um pouco nas coxas e agora tá aparecendo no colo (socorrooo!). Acho engraçado que a maioria das mulherem babam quando veem o bumbum de outra sem celulite/estria nenhuma, enquanto eu fico só olhando os braços lisinhos por ai, sem manchas ahushausha Agora to fazendo peeling pra dar uma ajudada, mas acho terrível. Porém, mesmo tendo vergoinha, não deixo de usar blusas sem manga, nem bikini e taals e na frente do boy ou de qualquer pessoa rs

    6. Vi Brasil disse:
      08/04/2014 às 4:38

      O motivo do meu comentário é a correção de um erro gramatical… Onde se lê “aonde pegar”, deveria ser “onde pegar”, já que trata-se de partes do corpo… Enfim, não há preposição nesse caso! Erro bem rude! Sugiro a contratação de um revisor na sua equipe, não foi o único erro que achei! Abraço!

    Deixe o seu comentário!

    O seu endereço de email não será publicado • Campos obrigatórios não podem ficar em branco